Compositora joinvillense, Anna Carola, lança “Cores de Monet”

Inspirada na obra do Impressionista musical Debussy e no impressionismo pictorio de Monet

A característica oriental da flauta japonesa, o som captado do próprio jardim da casa de Monet, em Giverny, ambientam as primeiras notas para uma melodia que se desenvolve densa e ao mesmo tempo sutil, no primeiro single lançado nesta sexta, dia 29, pela compositora Anna Carola com a música “Cores de Monet”.

A canção marcada pela flauta japonesa faz menção a mesma influência da arte japonesa para o Impressionismo do pintor francês Oscar-Claude Monet (1840-1926). A densidade e sutileza presentes na melodia denotam sombra e luz sempre presentes nas pinceladas do artista plástico. Na poética da letra, uma janela lúdica com gotas de chuva forma o cenário de uma tela impressionista para "pintar" "amores que morrem". O mesmo Impressionismo surge na música de Debussy, que serviu de inspiração para a compositora na construção dos arranjos criados espontaneamente e carregados de liberdade, grande marca do compositor francês Claude Debussy.

A compositora lança “Cores de Monet” nas principais plataformas digitais e ele segue com selo e distribuição de Amuse.io da Suécia.

Mais informações no Instagram @anacaro_17.